Imagem ilustrando o transporte intermodal.

Transporte Intermodal: entenda tudo sobre essa modalidade de logística

Dentro do ramo da logística existem várias ramificações que é importante considerar para otimizar as operações na sua empresa, e uma delas é o transporte intermodal, que pode ser uma forma de viabilizar importações e exportações.

É fundamental entender as diferenças deste para o transporte multimodal e como aplicar cada uma das modalidades as suas operações de comércio exterior, tanto para otimizar o translado, mas também reduzir custos.

As opções são transporte aéreo, ferroviário, rodoviário, aquaviário, dutoviário, entre outros, e para ser considerado intermodal, a carga passa por pelo dois deste tipo durante o trajeto da entrega.

Portanto, vamos entender melhor as aplicações práticas do transporte intermodal e como utilizá-lo na logística da sua empresa.

Boa leitura.

O que é Transporte intermodal?

Navio descarregando contairens para caminhões em um porto, exemplo do que é transporte intermodal.

Quando o assunto é uma logística mais eficiente o transporte intermodal pode ser uma solução excelente, pois permite que suas cargas não fiquem totalmente dependentes de um único modal.

No Brasil, a matriz rodoviária muitas vezes é o único modelo de transporte para entregas entre estados, e com isso, algumas empresas ficam reféns desse modal, principalmente por não conhecer a modalidade intermodal.

Basicamente, consiste em utilizar a cadeia logística dos transportes de forma integrada, eliminando gargalos no despachos e ampliando também as possibilidades de entrega.

Cada trecho de um percurso pode se beneficiar de um modal específico, por isso que essa estratégia deve estar nos primórdios do seu planejamento logístico.

Por exemplo, transporte entre países em continentes separados, o melhor modal é o marítimo em questão de custos, porém, você pode contratar o transporte até um porto que tenha um percurso mais em conta, e fazer outra parte do trecho pelo modal ferroviário. 

Principalmente na Europa, onde a malha de trens é ampla, é possível utilizar o modelo de transporte intermodal de forma eficiente e menos custosa.

Transporte multimodal e intermodal: entenda a diferença

Já fizemos um conteúdo mais completo sobre o transporte multimodal, que de modo geral se assemelha ao intermodal, mas na prática existem algumas diferenças que precisam ser ressaltadas.

Podemos começar com a principal diferença que é na documentação, afinal, no transporte multimodal é utilizado apenas um documento que contempla toda a operação, enquanto no intermodal, cada etapa de transporte terá um documento específico para liberação na aduana.

A vantagem do transporte intermodal nesse caso, é que cada transportadora se responsabiliza pelo seu trecho do trajeto, então os riscos e custos são divididos entre os participantes da cadeia logística.

Documentação unificada X documentação fracionada

A documentação unificada é utilizada no transporte multimodal e trata-se do conhecimento de carga que vai acompanhar a carga em todas as etapas de liberação na aduana, e a responsabilidade é da transportadora que emitir o documento.

Na documentação fracionada do transporte intermodal, cada transportadora emite o conhecimento de embarque para cobrir a sua etapa do trajeto.

É uma forma de dividir as responsabilidades, mas também é bastante eficiente para otimizar os custos da operação, pois você pode ter no processo empresas especializadas em cada tipo de modal que farão uma entrega com melhor custo benefício.

Tipos de contrato utilizados

Para cada tipo é utilizado um contrato com cláusulas específicas, o que diferencia bem o intermodal e o multimodal, o que vai impactar muito na burocracia envolvida e no tempo da entrega.

O modelo multimodal já contempla todo o trajeto, então, um único contrato vai conter todas as cláusulas para garantir que o processo transcorra tranquilamente, por isso, costuma ser um tipo de contrato bem mais detalhado.

No transporte intermodal, cada mudança de modal vai implicar em um novo contrato, até porque, esse modelo permite que mais de uma empresa transportadora faça parte, por isso cada um será responsável pela sua etapa do trajeto.

Responsabilidade das partes

No transporte multimodal, necessariamente terá um agente responsável por toda a logística, e esse profissional é conhecido como Operador de Transporte Multimodal ou pela sigla OTM.

No entanto, quando sua empresa opta pela intermodalidade, as responsabilidades são divididas para todos os participantes da cadeia logística, onde cada um fica a cargo da documentação e segurança do seu trecho até a chegada no destino.

Como funciona o transporte intermodal na prática

Cargas importadas em container sendo movimentadas, ilustrando como funciona o transporte intermodal ao transferir a posse das cargas.

No Brasil é possível ter muitos exemplos de transporte intermodal, não só pelas dimensões continentais do nosso país, mas também pela geografia complexa de algumas áreas.

Um bom exemplo é nas comunidades da região da bacia Amazônica, onde alguns trajetos só podem ser feitos por barcos e balsas nos rios, então mesmo que uma transportadora chegue com seus caminhões, outro modal será necessário para concluir o trajeto.

Mas não é apenas nessas situações extremas que o transporte intermodal funciona. 

É possível também utilizar transporte rodoviário até um centro de distribuição, e de lá fazer o trajeto nos centros urbanos utilizando motocicleta, o que é bem mais rápido e menos custoso. 

O único ponto desse exemplo é que vai funcionar muito bem para as cargas menores, é uma forma de aproveitar as vantagens do transporte intermodal.

Quais as vantagens do sistema intermodal de transporte?

As vantagens do sistema intermodal de transporte é que sua carga pode chegar em várias localidades, de maneira mais ágil e menos custosa, considerando utilizar o modal mais adequado para cada trecho.

Para isso, considere os custos, terreno, tráfego e alcance que cada modal permite para montar um planejamento logístico eficiente.

Por outro lado, quais as desvantagens do sistema intermodal de transporte?

Como você pode ver, no transporte intermodal cada um é responsável por uma etapa do percurso, então é possível que ocorra problemas dos quais você não tenha controle.

Sem falar que o fato de precisar de uma documentação para cada modal, abre margem para que em algum ponto, caso haja um erro na documentação a carga fique parada.

Entenda a importância do transporte intermodal para a logística

Cargas armazenadas em um terminal alfandegado, servindo como exemplo para mostrar a importância dos terminais alfandegados no transporte intermodal.

Logística é basicamente fazer com que o transporte de mercadorias e pessoas de uma empresa transcorra da forma eficiente possível com o menor custo, e principalmente no comércio exterior, ela é fundamental para a lucratividade da operação.

Um dos itens que otimizam a logística de exportação e importação é o transporte intermodal, que além de dividir as responsabilidades para com a carga em vários trechos, pode ser uma maneira de diminuir os custos.

Para integrar o transporte intermodal na sua logística de forma assertiva, fique ligado na nossa dica bônus.

Bônus: você sabe o que são os terminais alfandegados?

Terminais alfandegados são instalações que ajudam a logística do transporte internacional, pois permitem armazenagem e movimentação de mercadorias já com desembaraço aduaneiro.

Ou seja, é uma opção viável e muito prática para elaborar um plano de logística eficiente, mas isso se escolher os terminais alfandegados que entreguem soluções.

Os Terminais Alfandegados Lachmann são referência em gerenciamento de armazenagem e logística integrada de mercadorias. Clique para conferir todas as informações!

Conclusão

O transporte intermodal é sem dúvida um dos artifícios logísticos que viabiliza a entrega de várias mercadorias em localidades complexas, fazendo isso de maneira eficiente e com melhor controle de custos.

Por isso, no planejamento logístico da sua empresa essa opção deve ser considerada, ainda mais aliada a outras soluções com a utilização de terminais alfandegados para um melhor manuseio das suas cargas.

Conheça as soluções da Lachmann para otimizar a logística da sua empresa.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *